Menu

TRANSTORNOS SEXUAIS

TRANSTORNOS SEXUAIS

Problemas relacionais, terapia de casal, disfunções sexuais e outros problemas sexológicos.

TERAPIA DE CASAL

Falta de comunicação do casal entre si e com os filhos; separação; infidelidade; divórcio; ciúmes e posse; dependência emocional

DISFUNÇÕES SEXUAIS

Uma vida sexual saudável e prazerosa não exclui a existência de problemas sexuais tanto no homem como na mulher. Muitas pessoas tentam ignorar os problemas relacionados ao sexo, mas é importante conhecer o funcionamento de seu corpo, descobrir novos recursos eróticos e aceitar sugestões para desfrutar mais de sua sexualidade.

As disfunções sexuais podem ocorrer tanto em relacionamentos heterossexuais como em homossexuais, porém a maioria dos casos clínicos aparece em contextos heterossexuais. Essas disfunções raramente se apresentam isoladas e o paciente queixa-se de vários problemas sexuais, embora um deles seja o que mais o preocupa.

O ciclo de resposta sexual tem três estágios: o desejo, a excitação e o orgasmo. Cada um desses estágios está associado a disfunções sexuais específicas.

Existem coisas que estão fora do nosso controle. Nossa atenção deve estar naquilo que depende de nós. Você sempre pode fazer algo positivo por si mesmo e pelos demais.

As disfunções sexuais podem ser permanentes, quando se referem a uma condição crônica e se fazem presentes durante a maior parte da vida sexual de uma pessoa; ou podem ser adquiridas, quando o distúrbio se inicia depois de um período de atividades sexuais relativamente normais. Os distúrbios sexuais também podem ser generalizados, quando ocorrem todas as vezes que a pessoa tenta praticar sexo; ou ainda situacionais, quando ocorrem somente com alguns parceiros ou em certas ocasiões. Além disso, as disfunções sexuais podem ser especificadas em decorrência de fatores psicológicos ou em razão de fatores psicológicos combinados com condições médicas, como por exemplo, um distúrbio físico de ordem vascular ou hormonal, bem como o uso de alguns medicamentos prescritos para hipertensão, ansiedade e depressão, os quais podem prejudicar a excitação e o funcionamento sexual.

Entre as disfunções sexuais, podemos destacar a ejaculação precoce, a ejaculação tardia, a disfunção erétil, o orgasmo inibido, entre outras.

Nosso procedimento consiste em fazer uma sessão de avaliação individual ou com o casal e, uma vez detectado o problema e as possíveis causas que o estão mantendo, elabora-se um plano de tratamento personalizado. A frequência das sessões é semanal.

Andrea Gonçalves

Dra. Andréa Gonçalves

(Graduada em Psicologia e Doutora em Ciências da Educação) - CRP nº. 11.428

Entrar or Registrar

Esqueceu sua senha? / Esqueceu seu nome de usuário?